Vinícola Guaspari | Quem somos - Propósito

"Se todos que nos rodeiam abraçarem esse sonho, se o nosso vinho
reunir as pessoas e ainda se conseguirmos retribuir à região tudo
o que ela nos proporciona, então teremos plantado a semente para
que as próximas gerações tenham uma nova visão sobre a região
de Espírito Santo do Pinhal e sobre o vinho brasileiro."

Família Guaspari

Vinícola Guaspari | Quem somos - História

Uma família de origem ligada ao campo, com espírito inovador e empreendedor, chega em 2001 a uma região tradicionalmente cafeeira e identifica condições muito favoráveis à viticultura. Era o começo do sonho que se transformaria na Vinícola Guaspari.

As terras altas de Espírito Santo do Pinhal se tornaram sinônimo da convivência em família e do prazer de estar junto. A paixão pelo vinho e o desejo de retribuir à região toda a alegria proporcionada foram acentuados por uma rica e curiosa combinação de fatores: a semelhança da paisagem da fazenda com a da Toscana, a origem italiana da maioria da população local e da família, o terreno granítico, a oportunidade de adquirir videiras de uma estação experimental e o desenvolvimento de uma nova tecnologia por um pesquisador brasileiro radicado em Bordeaux. Tudo isso, somado à forte devoção pelo Espírito Santo, foram as sementes para que o sonho criasse raízes e começasse a tomar forma.

Em 2006, foram plantadas as primeiras videiras, que ocuparam seis hectares. Eram mudas de diversas variedades francesas, escolhidas em virtude das características do terroir da região. Dois anos após o primeiro plantio, a vinícola foi construída. Tendo nascido em uma antiga tulha de café, com projeto que preservou o estilo arquitetônico das antigas fazendas da região, integrou-se à cultura e à estética locais. O respeito ao seu entorno estendeu-se às preocupações ambientais, como o cuidado com a água e com todas as formas de vida.
O primeiro vinho foi produzido em 2008, de maneira artesanal. Foram apenas 30 garrafas, que reforçaram o potencial do projeto. A partir desse momento, não se mediram esforços para trazer para a Guaspari o que havia de melhor no mercado mundial a fim de atingir o nível de excelência desejado. Especialistas reconhecidos, do Brasil e do exterior, foram envolvidos desde o início na escolha dos caminhos mais adequados. Além disso, o fato de a Guaspari ser a única vinícola da região tornou imprescindível que ela fosse totalmente equipada para atender às normas técnicas e aos padrões mais rígidos de produção e controle em todas as etapas do processo.

Gradualmente a área de plantio de parreirais veio sendo ampliada. Hoje são 50 hectares de vinhedos próprios a partir dos quais todo o vinho é produzido. E a família continua sonhando alto, sempre com os pés firmes nesse pedaço de terra em que nasce uma nova região produtora de grandes vinhos no Brasil.

Além de sensibilidade para perceber o potencial da região, a família entende o ritmo da natureza e a importância do tempo para a evolução dos vinhos e para a maturação do projeto. Seu trabalho reflete o respeito ao terroir, a constante busca pela excelência e o compromisso com o desenvolvimento da região e dos talentos locais.

 

Vinícola Guaspari | Quem somos – Pessoas

O cuidado artesanal que marca a produção dos vinhos Guaspari só é possível graças às pessoas envolvidas: a família, que jogou as primeiras sementes do projeto; os profissionais, que vieram de diferentes partes do Brasil e do mundo trazendo seu valioso conhecimento, e os dedicados talentos da comunidade local, que abraçaram essa nova cultura. Nossos vinhos têm um pouco da alma de toda essa gente.

Vinícola Guaspari | Quem somos – A Marca

A devoção ao Espírito Santo é uma tradição na família.
Numa época em que da mulher se esperava apenas a dedicação à criação de seus filhos, uma figura ímpar destacou-se por sua bondade, caridade e visão em situações da vida social e econômica: Querubina Generosa de São José, nascida em Araxá em 1816, foi uma das mais queridas figuras do matriarcado mineiro.

Uma das filhas de Querubina, Maria de Santana, era casada com João Machado Ferreira quando, em 9 de janeiro de 1886, ele foi atingido por um raio enquanto trabalhava às margens do ribeirão Jataí. Com a bandeira do Divino Espírito Santo em mãos, Querubina foi ao encontro da filha: "Deus tirou desta vida o seu marido, mas eu estou aqui, trazendo a bandeira do Divino Espírito Santo para que seja o protetor e o pai de seus filhos durante todas as suas vidas". Depois, rezaram o terço, pedindo ao Divino Espírito Santo que assumisse, daquele momento em diante, a proteção de sua família.

Essa mesma bandeira cobria o leito de Querubina, que viu seus filhos e netos serem iluminados pelo Divino Espírito Santo durante a vida. Com o passar dos anos, o tecido foi-se esmaecendo e então uma de suas filhas emoldurou a imagem da pomba. O quadro passou por vários membros da família até chegar a Vigilato Machado Borges e depois à sua filha Esmeralda, neta de Querubina e mãe do fundador da Vinícola Guaspari. Décadas se passaram e todos os descendentes de Querubina Generosa de São José se tornaram devotos do Espírito Santo, abençoados por todas as graças recebidas. Assim, a chegada da família a Espírito Santo do Pinhal em 2001 significou muito mais que uma feliz coincidência. E não poderia haver nada que representasse tão bem essa história quanto a pomba do Espírito Santo, daí ela se tornar o símbolo da marca Guaspari.

Prêmios e Reconhecimentos

• O vinho Guaspari Syrah Vista da Serra recebeu duas medalha de prata com as safras 2012 e 2014 na competição internacional Syrah du Monde, organizada pela associação Forum D’Enologie, na França.

• Steven Spurrier, organizador do famoso Julgamento de Paris, referiu-se aos vinhos da Guaspari como “amazing” em artigo publicado na revista Sommelier.

• O vinho Syrah Vista da Serra 2011 foi apontado como um dos Melhores Vinhos do Novo Mundo e como o melhor vinho tinto nacional na categoria “Soberano” pelo crítico Jorge Lucki em seu ranking publicado no jornal Valor Econômico.

• O vinho Syrah Vista do Chá 2012 foi eleito o 8º melhor vinho do ano no ranking mundial “Top 100 vinhos” da revista Prazeres da Mesa, ao lado de ícones como Vega Sicilia Único e Tondonia, sendo o único vinho brasileiro entre os 10 primeiros colocados.

• O vinho Syrah Vista da Serra 2012 foi considerado um dos melhores vinhos do ano, com 91 de pontuação, pelo Guia de Vinhos 2015/1016 da revista Adega. A publicação, que reúne mais de 550 rótulos produzidos no país, também classifica os vinhos Syrah Vista do Chá 2012 e Sauvignon Blanc 2013, com 90 e 89 pontos, respectivamente.

• Em sua primeira participação no concurso Decanter World Wine Awards 2016, a Vinícola Guaspari foi triplamente premiada, sendo uma destas premiações a medalha de ouro, com o vinho Guaspari Syrah Vista do Chá 2012. O Guaspari Syrah Vista da Serra 2012 recebeu medalha de bronze e o Guaspari Sauvignon Blanc Vista do Café 2013 medalha de recomendação.

Em 2017, a Guaspari conquistou novamente a medalha de ouro, marcando seu bicampeonato no Decanter World Wine Awards. O vinho premiado com 95 pontos foi o Guaspari Syrah Vista do Chá 2014 . Além da medalha de ouro, os rótulos Guaspari Syrah Vista da Serra 2014, Guaspari Viognier Vista do Bosque 2015 e Vale da Pedra tinto 2015 receberam a medalha de prata, com pontuações entre 90 e 93 pontos.

EQUIPE GUASPARI

Fazenda Vinícola Guaspari Fazenda Vinícola Guaspari